Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Manifestação da oposição na Costa do Marfim deixa vários mortos

Várias pessoas morreram esta sexta-feira em enfrentamentos entre a polícia e manifestantes em um protesto convocado pela oposição contra o presidente marfinense Laurent Gbagbo, uma semana depois da dissolução da Comissão Eleitoral Independente (CEI).

O conflito ocorreu na localidade de Gagnoa, no centro-oeste da Costa do Marfim, cujo presidente dissolveu o governo e a CEI no dia 12 de fevereiro. Fontes médicas contactadas pela AFP afirmaram que os manifestantes levaram três corpos para o hospital local. As vítimas foram atingidas por tiros, segundo uma das fontes, que também indicou haver um ferido em estado grave.

Uma fonte policial confirmou a existência de “mortos”, sem informar quantos, nem quem seriam. “A polícia investiu contra os manifestantes disparando balas reais”, declarou Gildas Konan, coordenador local da juventude do Partido Democrático da Costa do Marfim (PDCI), uma das principais formações de oposição do país. De acordo com Konan, a manifestação pedia o “restabelecimento” da CEI e uma data para as eleições presidenciais.

Adiadas desde o fim do mandato de Gbagbo, em 2005, as eleições deveriam acabar com a crise desencadenada pelo fracassado golpe de Estado de 2002, que dividiu o país em um sul controlado pelo governo e um norte sob domínio da ex-rebelião das Forças Novas. Gagnoa fica no sul.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!