Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Manica: madeira ilegal será usada para fabrico de carteiras

As quantidades de madeira apreendidas pelas brigadas de fiscalização florestal, na sua actividade inspectiva, vão servir para fabricar e reparar carteiras para as diversas escolas de todos os distritos da província central moçambicana de Manica.

Para o efeito, o Instituto Nacional de Emprego e Formação Profissional (INEFP), Delegação Provincial de Manica, acaba de assinar um memorando de entendimento com a Direcção Provincial da Educação e Cultura.

A viabilização do preconizado no memorando terá como recurso o uso do material e técnicas locais, para o processo de fabrico do equipamento escolar.

O memorando visa minimizar a carência de carteiras nas escolas da província, através da reabilitação de mobiliário danificado e fabricado de novo, com recurso à madeira ilegal que o sector da Agricultura apreende nas suas acções inspectivas.

Segundo um comunicado de imprensa do Ministério do Trabalho (MITRAB) recebido hoje pela AIM, a implementação da iniciativa foi já acordada pelas três Direcções Provinciais envolvidas no projecto (Trabalho, Educação e Agricultura).

O comunicado revela que o levantamento da situação no terreno começa este sábado, sendo que o INEFP, a executora técnica e tecnológica do programa, deverá apresentar ao Governo o modelo de carteiras que possa servir para as escolas da Província.

“Este programa surge no contexto da visita do Chefe do Estado à Província de Manica, em que populares sugeriram o uso da madeira apreendida pelo Governo neste tipo de benefício social”, esclarece a fonte.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!