Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Manchester United avança e Real Madrid cai na Champions League

Manchester United goleou o Milan por 4 a 0 esta quarta-feira, no Old Trafford, e avançou aos quartos-de-final da Liga dos Campeões, enquanto o Real Madrid foi eliminado do torneio ao empatar com o Lyon por 1 a 1, no Santiago Bernabéu.

Os ingleses, que já tinham vencido a partida de ida por 3 a 2, golearam hoje o Milan com dois do atacante Wayne Rooney, aos 12 e 46 minutos, um do sul-coreano Park Ji-Sung, 59, e outro do escocês Darren Fletcher, aos 88. Rooney, astro do United desde a partida de Cristiano Ronaldo e artilheiro da Premier League, com 23 gols, confirmou hoje seu papel decisivo na eliminatória, após ter marcado outros dois golos no jogo da primeira mão.

Precisando anotar ao menos dois golos, os italianos partiram para o ataque e Ronaldinho criou a primeira boa chance aos 8 minutos, completando uma falta cobrada por Andrea Pirlo, mas a bola passou junto à trave. O sonho do Milan começou a se desfazer quatro minutos depois, quando Rooney marcou de cabeça, após centro preciso de Gary Neville.   O próprio Rooney quebrou a esperança da equipe italiana ao fazer o segundo, após passe do português Nani. O sul-coreano Park anotou o terceiro ao receber a bola de Paul Scholes, e Fletcher fechou o placar com um disparo certeiro após passe em profundidade.

A partida foi marcada ainda pelo retorno de David Beckham, que entrou aos 63 minutos no Milan e foi muito aplaudido pela torcida local. “Rooney tem um talento excepcional (…) Acredito que é um dos melhores jogadores do mundo neste momento, talvez o melhor, com a classe de um (Cristiano) Ronaldo ou de um Messi”, disse David Beckham. “Fiquei decepcionado com a derrota, mas voltar a jogar aqui (Old Trafford) foi algo especial. Os aplausos foram incríveis”, revelou Beckham.

No estádio Santiago Bernabéu, o Lyon derrubou o Real Madrid em um jogo dramático, decidido aos 75 minutos, quando os franceses empataram a partida que perdiam desde o início. O Lyon, que chegou a Madri com a vantagem de 1 a 0 no jogo de ida, sofreu um golo logo aos 6 minutos, obra do craque português Cristiano Ronaldo, que recebeu passe da esquerda de “Guti” e arrematou cruzado, para vencer o goleiro Hugo Lloris.

Apesar da surpresa, o Lyon manteve a calma e seguiu fechado na defesa, baseando seu jogo nos contra-ataques, enquanto o Real bombardeava com Cristiano Ronaldo e Kaká, sem sucesso. A paciência e sangue frio do Lyon deram resultado aos 75, quando o argentino César Delgado deu um passe para Lisandro, na área, que deixou o bósnio Miralem Pjanic na posição para disparar e empatar.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!