Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Mais um confronto armado entre forças governamentais e homens da Renamo em Sofala

Há indicações de ter havido mais uma troca de tiros nesta quinta-feira a noite, o segundo no mesmo dia, entre as forças governamentais e homens da Renamo na região centro de Moçambique, concretamente na província de Sofala.

Segundo relatos das nossas fontes, desta vez as forças governamentais, nomeadamente a FIR e as FADM, adoptaram uma nova estratégia: usaram a Estrada Nacional Número 1 para chegar à base da Renamo, localizada entre os distritos de Chibabava e Machanga, mas foram emboscados pelos homens armados da Renamo.

Este confronto terá sido, segundo as nossas fontes, um contra-ataque ao confronto de mais cedo, na madrugada desta quinta-feira na região de Mangomonhe, no distrito de Chibabava, onde terão perdido a vida mais de uma dezena de elementos das Forças de Intervenção Rápida e Armadas de Defesa de Moçambique. Há indicação de danos em pelo menos um camião militar do Governo. Tal como das outras vezes, não há informações relativas às baixas do lado da Renamo.

Este é o terceiro ataque, de conhecimento público, entre forças governamentais a homens armados da Renamo que desde o passado dia 20 de Junho do corrente ano se posicionaram na Estrada Nacional nº1, a única via terrestre que conecta o Sul ao Centro e Norte de Moçambique, alegadamente alargando o perímetro da segurança do líder do partido, Afonso Dhlakama.

O tráfego rodoviário continua condicionado a escolta militar no troço da EN1 entre o rio Save e Muxúnguè.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!