Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Mais de 4 mil visitantes nas feiras de trabalho

Um total de 4.000 pessoas visitaram, este ano, as Feiras de Orientação ao Trabalho, organizadas pelo Instituto Nacional do Emprego e Formação Profissional, no âmbito das comemorações dos 18 anos da existência desta instituição subordinada ao Ministério do Trabalho e que é responsável pelas políticas de emprego e formação profissional em Moçambique.

 

Realizadas nas Províncias de Niassa, Manica, Tete, Maputo, Inhambane, Zambézia e Cidade de Maputo, as feiras de orientação para o trabalho contaram com 100 expositores, em parceria com a Organização Internacional do Trabalho (OIT).

 

O objectivo desta iniciativa é de divulgar as realizações do INEFP, bem como fortificar os laços de parceria entre os sectores privado e público, que são aqueles que absorvem o produto final das acções de formação profissional do INEFP, em todo o país, incluindo os empreendimentos que contam com investimentos estrangeiros e do Fundo de Desenvolvimento Distrital.

Segundo descreve um comunicado de imprensa do Ministério do Trabalho, com as exposições, muitos jovens começam a interessar-se por cursos profissionais, com o intuito de abraçarem uma área profissional prática.

Obras, produtos e outras realizações resultantes das acções formativas e de aprendizagem dos cursantes foram expostos nas feiras ora terminadas, como os de fabrico de blocos e telhas para a construção, para alem de peças de corte e costura.

Na ocasião, jovens empreendedores interagiram em vários âmbitos profissionais, alguns dos quais receberam bolsas para a formação profissional, assim como a sua exposição aos empresários locais interessados em absorvê-los como mão-de-obra.

As Delegações Provinciais do INEFP de Inhambane, Tete e Zambézia foram contempladas com uma viatura cada, munidas de kits, resultante do apoio da OIT, com o propósito de capacitar o INEFP nas suas acções de formação profissional nos Distritos.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!