Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Mais de 26 mil alunos sem vagas em Sofala

Dos 79.393 alunos graduados da 5ª, 7ª e 10ª classes, 26.723 não terão vagas nas escolas públicas no presente ano lectivo, na província de Sofala, Centro de Moçambique, por causa da insuficiência de salas de aulas.

 

A chefe do Departamento Pedagógico na Direcção Provincial de Educação e Cultura de Sofala, Maria Madeira, disse ao Notícias que algumas escolas primárias completas, tais como 25 de Setembro e Matadouro, serão transformadas em escolas secundárias para acolher alunos da 8ª classe, na qual há também maior número de novos ingressos.

 

As outras medidas a serem postas em marcha para fazer face à insuficiência de vagas são: a intensificação do Programa de Ensino Secundário à Distância e a criação de turmas numerosas constituídas por mais de 85 alunos por turma.

A falta de vagas é um problema que se faz sentir mormente nas escolas secundárias da cidade da Beira.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!