Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Mais de 26 mil alunos sem vagas em Sofala

Dos 79.393 alunos graduados da 5ª, 7ª e 10ª classes, 26.723 não terão vagas nas escolas públicas no presente ano lectivo, na província de Sofala, Centro de Moçambique, por causa da insuficiência de salas de aulas.

 

A chefe do Departamento Pedagógico na Direcção Provincial de Educação e Cultura de Sofala, Maria Madeira, disse ao Notícias que algumas escolas primárias completas, tais como 25 de Setembro e Matadouro, serão transformadas em escolas secundárias para acolher alunos da 8ª classe, na qual há também maior número de novos ingressos.

 

As outras medidas a serem postas em marcha para fazer face à insuficiência de vagas são: a intensificação do Programa de Ensino Secundário à Distância e a criação de turmas numerosas constituídas por mais de 85 alunos por turma.

A falta de vagas é um problema que se faz sentir mormente nas escolas secundárias da cidade da Beira.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!