Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Lonmim em greve após assassinato de sindicalista; mineiros marcham

Encontram-se suspensas as actividades do grupo mineiro britânico Lonmin na África do Sul, nesta terça-feira devido a uma paralisação sem prévio aviso das equipas na parte da manhã, três dias após o assassinato de um sindicalista, segundo um porta-voz do grupo.

Na manhã desta Terça-feira (14) centenas de mineiros, armados com azagaias e paus, marcharam pelas ruas de Marikana, a norte de Joanesburgo onde em Agosto do ano passado mais de quatro dezenas de mineiros foram assassinados pela policia.

“As actividades de Lonmin estão suspensas esta manhã (terça-feira), devido a uma greve ilegal”, disse Sue Vey, porta-voz do grupo, localizado no “cordão de platina”.

“As razões exactas desta paralisação não são conhecidas”, acrescentou Vey, afirmando que 13 poços da Lonmin estão encerrados: “Os funcionários apresentaram-se ao trabalho, mas ninguém desceu para mina”.

Tudo indica que esta paralisação se deve a morte do sindicalista filiado a Amcu.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!