Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Liga Portuguesa: FC Porto vence Benfica e mantém-se na luta pelo título

Mitroglou colocou o clube da Luz em vantagem, mas Herrera e Aboubakar deram a volta. O Benfica perdeu os dois clássicos em casa e colocou um ponto final numa série de 14 jogos sem perder no campeonato. Sporting pode ganhar este sábado três pontos de vantagem.

Após 14 jornadas a ganhar, o Benfica claudicou, numa altura em que podia aniquilar as possibilidades de o FC Porto na luta pelo campeonato. Caso o bicampeão triunfasse, os portistas ficavam a nove pontos do clube da Luz, permanecendo a incógnita sobre o Sporting que só joga este sábado, na Choupana, com o Nacional. Assim, os leões, em caso de triunfo, mantêm os mesmos seis pontos sobre o FC Porto, podendo isolar-se com três pontos de vantagem sobre o Benfica.

O jogo foi interessante na primeira parte e o golo do Benfica surgiu com naturalidade por intermédio de Mitroglou, aproveitando a primeira assistência para golo de Renato Sanches como jogador da equipa principal do Benfica.

O FC Porto tentou reagir, mas não tinha ideias, contudo, Herrera empatou num remate que não parecia ter selo de golo, mas a colocação foi providencial para a bola entrar na baliza.

Depois começou o festival Casillas. Começou por fazer face a Jonas, depois a Pizzi e finalmente a Mitroglou. Tudo lances em que seriam golos normais sem que lhe pudessem assacar responsabilidades.

Pelo meio, Aboubakar gelou a Luz, já na segunda parte. O camaronês trabalhou bem na esquerda e o golo foi uma sequência lógica com os centrais do Benfica a verem. Não era propriamente um golo contra-natura até porque os portistas mostraram uma disposição diferente na segunda parte. E a verdade é que a perder, o Benfica não teve arte nem engenho para chegar ao empate, que talvez fosse o resultado mais adequado.

Este jogo fica marcado ainda pela primeira vitória do FC Porto na Luz desde 2012, pela estreia a vencer de Peseiro em clássicos fora de casa e também pelo regresso de Salvio após quase nove meses de inactividade. Com isto tudo, é bom lembrar que o FC Porto mantém-se na luta. A eventuais seis pontos do Sporting, mas… na luta. E Rui Vitória continua a somar derrotas em clássicos. E vão cinco em cinco.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!