Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Liga Portuguesa: Benfica vence Portimonense com golaço de André Almeida

O Benfica conseguiu nesta sexta-feira uma vitória sofrida, por 2 a 1, frente ao Portimonense no Estádio da Luz. E tudo graças a um golo extraordinário de André Almeida, que acabou por virar o resultado de uma partida em que a equipa de Rui Vitória jogou mal, esteve desinspirada. Mais cedo o Sporting manteva a liderança da Liga Portuguesa de futebol graças a também uma vitória sofrida em Santa Maria da Feira, por 3 a 2.

Os encarnados podem ainda agradecer ao videoárbitro(VAR), pois aos 88 minutos, Fabrício festejou o empate a duas bolas, perante o desespero dos adeptos da casa. Mas o árbitro Gonçalo Martins, após consultar o VAR, foi informado que o lance se iniciou com fora-de-jogo de Wilson Manafá, tendo por isso sido anulado o golo.

Depois de uma primeira parte desinspirada dos tetracampeões diante de um adversário que praticou um futebol alegre e descomplexado a Luz gelou no início da 2ª parte num excelente trabalho Fabrício que deixou para trás Luisão e rematou em arco sem chances para Bruno Varela.

Contudo, três minutos depois, Salvio surgiu nas costas da defesa algarvia e Hackman derrubou o argentino, acabando daí por resultar um penálti com a consequente expulsão do lateral de Portimão. Jonas aproveitou para empatar.

Vendo o tempo a passar, o treinador encarnado arriscou tudo colocando Raúl Jiménez no lugar de Eliseu, mas acabou por ser num lance tão espectacular como inadvertido que André Almeida marcou pela terceira vez de águia ao peito, um golo que será provavelmente o melhor da sua vida desportiva.

Mas o Portimonense, mesmo com a jogar com dez, deu réplica e Fabrício voltou a colocar a bola dentro da baliza de Bruno Varela, mas o lance foi bem anulado com o recurso ao videoárbitro.

Sporting vence e lidera

Depois de uma primeira parte sem golos e em que o Feirense foi melhor e criou as melhores ocasiões, os leões entraram melhor na segunda parte e conseguiram obrigar a equipa da casa a recuar no terreno. Coates e Bruno Fernandes deram então dois golos de vantagem à equipa de Jorge Jesus, que acabou por consentir o empate: João Silva e Etebo aproveitaram momentos de desconcentração da equipa contrária.

No último ataque do jogo, Coates foi derrubado na grande área e Artur Soares Dias assinalou o pontapé de penálti, que Bas Dost não desperdiçou, dando a vitória aos líderes da prova.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!