Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Liga do Campeões: Maxaquene receoso

O treinador da equipa do Maxaquene, Arnaldo Salvado, voltou mais uma vez, como vinha fazendo ao longo da semana, a declarar que não espera por um jogo fácil neste sábado (16) diante do Center Chiefs de Botswana, em jogo da primeira “mão” da pré-eliminatória de acesso à Liga dos Campeões Africanos. O técnico da equipa campeã nacional aponta como razão principal a falta de rodagem, prometendo outrossim, um Maxaquene defensivo.

A falta de rodagem e o plantel de que dispõe neste momento, que não responde às exigências são, para já, apontadas como sendo as razões para uma fraca exibição do Maxaquene neste sábado, a partir das 16 horas no Estádio Nacional do Zimpeto. Quem assim o diz é o treinador principal daquele clube, Arnaldo Salvado.

Segundo aquele treinador, a equipa tricolor reforçou-se mas, mesmo assim, está com apenas quatro semanas de actividade, contra um adversário que lidera isoladamente o seu campeonato local, volvidas 16 jornadas.

Sobre as estratégias de jogo, Salvado voltou a prometer uma equipa bastante defensiva que procurará jogar ao contra-ataque, entregando todas as iniciativas de jogo ao adversário. Já no tocante aos níveis de preparação dos jogadores, Arnaldo Salvado garante que a componente psicológica, físico-técnica e intelectual foi ressalvada com vista a encarar o jogo de uma forma natural.

“Nós temos de ser muito inteligentes pois em termos físicos estamos com uma ligeira desvantagem. Conhecemos pouco o nosso adversário e a pouca informação que temos dá conta de que é uma equipa muito ofensiva, que marca muitos golos. Todavia, temos de ter coragem e ousadia de enfrentá-lo”, disse o treinador.

Numa outra abordagem, Alexandre Chivale, dirigente dos campeões nacionais, falando em conferência de imprensa na manhã desta sexta-feira (15), garantiu aos jornalistas que está tudo apostos para o embate deste sábado diante do Center Chiefs e que o Maxaquene fará de tudo para deixar uma boa impressão. No que ao plantel diz respeito, aquele dirigente deixou claro que não existe para já nenhuma baixa, que todos os jogadores estão aptos para o desafio, com excepção do Marvin e do malawiano Chikwepo, não inscritos na CAF por chegada tardia ao grupo de trabalho.

Sobre o adversário, Chivale disse que o clube tem o mínimo de conhecimento, sabendo, para já, que trata-se de uma equipa muito ofensiva; marcadora de muitos golos; financeiramente estável com grande parte dos jogadores na selecção do Botswana e líder do campeonato com dez pontos de avanço sobre o segundo classificado.

Importa referir que o Maxaquene cumpriu na tarde desta sexta-feira (15), no Estádio Nacional do Zimpeto mais um treino intensivo, podendo voltar na manhã deste sábado para observar um treino ligeiro, com vista a ensaiar alguns aspectos no que à táctica a utilizar dizem respeito. Já o Center Chiefs, que também vem na sua máxima força, é esperado ainda nesta sexta-feira em Maputo, para amanhã fazer um treino de adaptação ao relvado no Zimpeto.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!