Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Líder político nigerino detido após ataque terrorista no Burkina Faso

Um candidato às eleições presidenciais de 2016 no Níger, Adal Rhoubeid, foi detido algumas horas após o ataque terrorista de 15 de Janeiro último em Ouagadougou, que fez 30 mortos e 50 feridos, soube-se de fontes seguras na capital burkinabe.

Para o ministro burkinabe dos Negócios Estrangeiros, Alpha Barry, várias pessoas foram detidas para inquéritos, afirmando que no que diz respeito ao líder político nigerino “(..). interviemos para dar algumas indicações aos investigadores, mas sabem que o inquérito tem as suas exigências e o Governo não pode inteferir no processo”.

Segundo uma fonte das forças de segurança, os inquéritos em curso permitiram apurar que os assaltantes chegaram ao local com um veículo alugado em Ouagadougou. Várias interrogações sobre o número dos assaltantes, dos quais três foram abatidos, continuam a alimentar os debates no Burkina Faso.

O primeiro-ministro francês, Manuel Valls, cujo país participa nos inquéritos, declarou terça-feira última no Parlamento do seu país que seis pessoas no total, das quais três foram mortas, enquanto três outras estão a ser procuradas, são os autores deste ataque.

Mais de 100 hotéis da cidade de Ouagadougou foram revistados, enquanto os investigadores recuperaram o vídeo do Splendid Hotel, que está a ser analisado pelos peritos.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!