Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Líbia encerra fronteiras com quatro países

As fronteiras sul, de quatro mil quilómetros de comprimento que a Líbia partilha com o Sudão, o Níger, o Tchad e a Argélia serão encerradas provisoriamente para prevenir o refúgio de grupos armados e refugiados em caso de guerra no Mali, decidiu o Congresso Nacional Geral (CNG), a mais alta autoridade do país.

Esta decisão ocorre 48 horas após a visita do primeiro-ministro líbio, Ali Zidane, a estes quatro países, à frente duma importante delegação, incluindo o ministro da Cooperação Internacional e Negócios Estrangeiros, o chefe do Estado-Maior das Forças Armadas e o chefe dos Serviços de Informações.

Segundo esta decisão adotada domingo à noite pela maioria dos membros do CNG, ou seja 136 votos, as regiões de Ghadamech, Gatt, Obari, Al-Chati, Sebha, Marzok e Koufra, que se estendem do extremo sudoeste ao extremo sudeste do país, são consideradas como circunscrições regionais reservadas a operações militares e regidas pelo estado de exeção.

O CNG prevê o encerramento provisório das fronteiras com a Argélia, o Níger, o Tchad e o Sudão e elas serão reabertas em coordenação com os países vizinhos.

O ministro da Defesa foi encarregado de designar, em acordo com o CNG, um governador militar e os seus colaboradores para dirigir a região com todos os poderes executivos necessários que lhe permitam deter pessoas procuradas pela justiça e repatriar para os seus países de origem os que tentam passar ilegalmente as fronteiras.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!