Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Líbia denuncia sequestro de suposto terrorista por militares americanos

O Congresso Nacional Geral líbio (CNG, Parlamento) considera o sequestro do cidadão líbio Abou Anas al-Libi, suposto membro da rede terrorista Al Qaeda, por uma unidade militar americana como um “atentado à soberania” da Líbia, revelou, segunda-feira (7), o seu porta-voz, Omar Hameidan.

Abou Anas al-Libi, cujo verdadeiro nome é Nazih al-Raghie, foi capturado, sábado, no território líbio por uma unidade militar americana sem o aval das autoridades líbias. Ele era procurado pelos Estados Unidos pelo seu suposto envolvimento nos atentados contra as Embaixadas americanas na Tanzânia e no Quénia em 1998.

Segundo o porta-voz do CNG, a Líbia está em contacto com o Governo americano para obter explicações sobre as razões deste rapto. A Comissão dos Negócios Estrangeiros do CNG negou aos serviços de informações americanos qualquer possibilidade de entrar na Líbia para capturar Abou Anas al-Libi sem informar o Governo líbio.

Dizendo-se aberto à cooperação internacional em matéria de justiça, o CNG denuncia a atitude dos Americanos e propõe-se estudar a questão, em colaboração com o Governo, depois do regresso do primeiro-ministro, Ali Zeidan, actualmente em visita oficial a Marrocos.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!