Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Lagos, na Nigéria, tem segundo caso de ébola

Lagos, a maior cidade da Nigéria, registou o segundo caso de ébola nesta segunda-feira, o paciente é um médico que tratou outro médico infectado, de nacionalidade norte-americana, disse o ministro da Saúde da Nigéria, Onyebuchi Chukwu.

O médico norte-americano, Patrick Sawyer, morreu em Lagos no mês passado após desembarcar de um avião vindo da Libéria.

O ébola já matou 826 pessoas na África Ocidental desde o início do surto em Fevereiro, a maioria na Guiné, Libéria e Serra Leoa.

“Até o momento, um dos médicos que trataram o falecido senhor Sawyer testou positivo para o vírus Ebola”, disse Chukwu numa conferência de imprensa.

Das 70 pessoas que se encontravam sob monitoramento, oito foram colocadas “em quarentena em um pavilhão de isolamento fornecido pelo governo do Estado de Lagos”, acrescentou o ministro.

O mais recente surto de ébola começou numa região remota de florestas no leste da Guiné em Fevereiro. A chegada de uma das doenças mais fatais do mundo à Nigéria, maior economia e país mais populoso da África, com 170 milhões de habitantes, tem causado pânico.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!