Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Ladrões roubam quatro viaturas e raptam uma menor em Maputo

Dez indivíduos estão a contas com a Polícia acusados de roubo de quatros viaturas e rapto de uma menor identificada pelo nome de Sheila, na semana de 27 de Julho a 02 de Agosto, na capital moçambicana.

Segundo o Comando-Geral da Polícia da República de Moçambique (PRM) os visados são Armando, Francisco, Anselmo, Ernesto, Carlos, Waife, Abel, Celestino, Dércio e Alcino, cujas idades variam entre 22 e 35 anos.

A corporação afirmou que dos quatro veículos roubados, dos quais um de marca Toyota Hino, nenhuma foi recuperada. Para lograrem os seus intentos, os supostos criminosos usaram chaves falsas e armas de fogo para intimidar os seus alvos.

Os meliantes apoderaram-se igualmente de um computador portátil. Enquanto isso, a menina raptada viria a ser resgatada pela mãe num lugar não revelado pela Polícia. Os assaltantes e os raptores estão detidos na 9ª esquadra na cidade da Matola, na província de Maputo.

Outros crimes No período em alusão, a PRM deteve um cidadão cujo nome não foi identificado, de 66 anos de idade, supostamente por ter violado uma menor, e deteve dois indivíduos indiciados de homicídio voluntário.

Outra cidadã, de nome Maria Mathul, de 35 anos de idade, foi detida por tentativa de saque de 50 mil meticais numa empresa onde ela trabalhava. Enquanto isso, outro cidadão foi detido na posse de 20 quilogramas de cannabis sativa, vulgo soruma, na província da Zambézia.

As cidadãs Laurinda e Isabel encontram-se, também, enclausuradas por venda de carne bovina roubada na cidade de Xai-¬Xai, na província de Gaza. Outro cidadão, de nome Abel, está igualmente detido por exercer ilegalmente a função de ortopedista na sua residência, em Niassa.

Entretanto na madrugada desta terça-feira (6), um grupo de ladrões não identificado assaltou uma residência, matou um comerciante de identificado pelo nome de Abdul Jossué, de 50 anos de idade, roubaram um minibus de marca Toyota Hiace e valores monetários não quantificados, na vila da Manhiça, na província de Maputo.

Em forma de balanço, durante a semana de 27 de Julho a 02 de Agosto, a Polícia interpelou e deteve 1.371 indivíduos, dos quais 1.239 por violação de fronteira, 12 por imigração ilegal, 120 por prática de outros crimes. Da Republica da África do Sul foram repatriados 40 moçambicanos, dos quais 18 homens, 13 mulheres e nove crianças.

 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!