Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

La Liga: Messi, Suárez e Neymar marcam na vitória do Barça contra o Alavés

Pela primeira vez desde Outubro, o Barcelona tornou-se líder provisório do Campeonato Espanhol de futebol, depois de Luis Suárez, Neymar e Lionel Messi marcarem 6 a 0 contra o Alavés neste sábado, embora a vitória tenha sido ofuscada por uma lesão grave de Aleix Vidal. Mas a liderança durou apenas até o Real derrotar o Osasuna por 1 a 3.

Aos 37 minutos de jogo, Vidal reverte um cruzamento de Suárez e Neymar rebate um erro do guarda-redes Fernando Pacheco aos 40 minutos de jogo. Aos 14 minutos do segundo tempo, Pacheco toca errado e Messi marca mais um golo, completando o trio “MSN”.

Os demais golos foram feitos por Alexis Ruano, o ataque de Ivan Rakitic e um voleio de Suárez, que completou a derrota do adversário.

O uruguaio, que foi expulso no final do empate de terça-feira contra o Atlético de Madrid e que selou o lugar do Barça na final da Taça do Rei, segue com 18 golos, um à frente de Messi, no ranking da liga.

Uma saída brilhante do técnico Luis Enrique azedou com a lesão de Vidal, que se retorceu de dor no tornozelo, sofrida durante um carrinho de Theo Hernandez nos cinco minutos finais.

“Merengues” suam para vencer Osasuna

Mais tarde o  Real Madrid sentiu inesperadas dificuldades para vencer, por 3 a 1, em casa do lanterna-vermelha Osasuna, que lhe vale manter a liderança da Liga espanhola de futebol, à 22ª jornada, e com dois jogos a menos.

O ‘inevitável’ Cristiano Ronaldo (24 minutos), desmarcado sobre a direita, na área, atirou entre as pernas do guarda-redes italiano Salvatore Sirigu, no que parecia ser o início de tranquilo triunfo.

O Osasuna jogava, porém, de igual para igual e até dispunha das melhores situações, aproveitando uma delas para empatar, quando Sergio León (33 minutos) surgiu nas costas do desamparado Varane e, isolado, fez um ‘chapéu’ a Keilor Navas.

Os “merengues” voltaram ao comando aos 62 minutos, quando Isco ganhou uma bola solta em iniciativa individual de Benzema, atirando a contar. A tranquilidade absoluta só chegou no final dos descontos, aos 90+3 minutos, com golo de bela execução técnica de Lucas Vázquez.

O Real Madrid soma agora 49 pontos, mais um do que o FC Barcelona.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!