Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Kenmare desenvolve projecto de produção de comida e árvores de fruto

O âmbito da sua obrigação social direccionada, particularmente, ao retorno da produção agricola das populações residentes nos arredores da zona mineira, a KENMARE está a levar a cabo um projecto de renovação do solo, através de reflorestamento e plantio de diversas árvores de fruto, na área em que foi já extraída a areia pesada.

A reposição do solo consiste num processo de adubação que envolve plantas removidas durante as escavações da mina. Desenvolvido através da Kenmare Moma Associação de Desenvolvimento (KMAD), o projecto iniciou em mais de cinco hectares, onde foram plantados cajueiros,abacateiros, laranjeiras, goiabeiras, além de mandioca resistente a pragas e podridão radicular, e outras fruteiras e árvores de sombra.

Jim White, director-geral da Kenmare- Areias Pesadas de Moma, que facultou a informação, sublinhou que a iniciativa destina-se não só a recuperar as propriedades da terra, bem como torná-la mais fecunda por forma que as populações locais continuem a praticar a sua actividade agrícola com a necessária produtividade. Aquele responsável afirmou que o projecto vai priorizar as culturas apropriadas às zonas costeiras e que constituem base de alimentação das respectivas populações.

Por outro lado, Jim White deu a conhecer que, através da Associação KMAD, a sua empresa também está a promover um projecto de criação de gado bovino e de galinhas com vista a proporcionar auto-emprego e consequente melhoria das condições sócio-económicas às populações de Topuito. A actividade agro-pecuária permite algum desafogo económico às populações locais, além de outros benefícios.

Por exemplo, a Associação KMAD consegue fornecer por dia mais de mil ovos de galinhas produzidas localmente, que dantes tinha de comprar noutros pontos da província. Além de consumir galinha e carne de vaca, também, produzidas localmente. Sublinhou a fonte, acrescentando que ainda no âmbito do seu compromisso social, a Kenmare prevê introduzir, dentro de cinco anos, a disponibilização de bolsas de estudos para os filhos dos seus trabalhadores que demostrarem capacidade e empenho nos sectores onde estão colocados.

Refira-se que o reflorestamento da área já explorada está a ser efectuada com base nas técnicas introduzidas com o apoio da Associação Nacional de Extensão Rural (AENA), sedeada na cidade de Nampula.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!