Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Jovem mata namorada na Matola e é preso passados dias de fuga

Um jovem identificado pelo nome de Xavier Manecas, de 28 anos de idade, pós fim à vida da sua namorada, a 14 de Setembro passado, no bairro Khongolote, no município da Matola, província de Maputo, supostamente por ciúme porque a vítima demorou regressar do hospital.

Apercebendo-se do homicídio que acabava de cometer, na madrugada daquele dia, o indiciado pôs-se ao fresco, mas volvidos vários dias, caiu nas mãos da Polícia, na capital do país.

Alegadamente enciumado, o jovem, agora limitado a paredes das celas da 7ª esquadra na cidade da Matola, onde o crime foi consumado, quis saber da sua consorte os motivos que ditaram a sua demora no hospital.

A explicação da malograda não convenceu ao namorado. Daí, aos ânimos tomaram conta dos dois, gerou -se uma discussão que progrediu para a violência, tendo Xavier recorrido a uma faca com a qual esfaqueou a sua parceira pelo menos três vezes.

Um dos golpes atingiu a finada no tórax. O acusado tentou alegar legítima defesa, ao afirmar que a faca com que matou a namorada estava na mesa e a vítima foi a primeira puxá-la para o golpear.

“Ela pegou na faca” enquanto “eu estava sentando”, disse o jovem, acrescentado que o esfaqueamento foi acidental ao tentar se defender, quando se apercebeu de que a intenção dela era acabar com a sua vida.

“Ela raspou-me uma vez e quase furava-me a barriga”. Ainda de acordo com Xavier, a segunda vez que a sua parceira tentou atingi-lo com a faca ele conseguiu segurá-la. “Virei e devolvi a faca para o peito dela”.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!