Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Joel Santana já não é técnico da África do Sul

A África do Sul, que sediará o Campeonato do Mundo de futebol em 2010, demitiu esta segunda-feira o técnico Joel Santana, que estava à frente de sua seleção e perdeu oito dos últimos nove jogos, informou um porta-voz da Associação Sul-Africana de Futebol (SAFA).

O técnico brasileiro foi contratado no fim de 2008 com a missão de montar uma equipa capaz de lutar pelo título no próximo mundial, mas os resultados fracos acabaram custando seu emprego. Faltam oito meses para o início do torneio.

Depois de perder para Noruega e Islândia na semana passada, Joel, de 60 anos, defendeu-se dizendo que não havia sido chamado para vencer partidas amistosas. Para os dirigentes da SAFA, este comentário arrogante foi a gota d’água para a saída do treinador.

“Esta segunda-feira, a Federação Sul-Africana de Futebol e o treinador nacional Joel Santana concordaram que seu posto ficaria vago imediatamente”, declarou a SAFA em um comunicado. “O Comitê Provisório de gestão da SAFA decidiu que (os assistentes) Jairo Leal e Pitso Mosimane assumirão a direção da equipe, à espera de uma decisão do Executivo Nacional em sua reunião de 23 de outubro”, acrescentou.

“O presidente da Federação, Kirsten Nematandani, agradeceu Santana por seus esforços até esta data, e lhe desejou sucesso no futuro”. “Da mesma forma, Santana aproveitou a oportunidade para agradecer à Federação, ao pessoal técnico, aos jogadores e ao país pelo apoio, e expressou o desejo de que os ‘Bafana Bafana’ tenham sucesso no Campeonato do Mundo de 2010”, conclui o comunicado Joel, que não tinha experiência prévia como treinador nacional, estava sob forte pressão desde seu primeiro jogo à frente da seleção, que terminou com uma derrota de 2-0 contra a Nigéria nas eliminatórias para a Copa da África de Nações (CAN) de 2010.

Depois, conseguiu uma série de cinco vitórias consecutivas em amistosos, a maioria contra equipes africanas mais fracas, e foi surpreendentemente bem recebido pela imprensa ao terminar em quarto lugar na Copa das Confederações 2009, também disputada na África do Sul. Embora a África do Sul só tenha vencido uma das cinco partidas que disputou no mini-Mundial disputado um ano antes do Mundial, resistiu durante 88 minutos contra o Brasil na semifinal, antes de ceder o 1-0 que classificou a seleção de Dunga para a final.

Entre os nomes aventados para substituir Joel Santana à frente dos “Bafana Bafana” estão Carlos Alberto Parreira e o holandês Leon Beenhakker, além do sul-africano Gavin Hunt

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!