Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Jerónimo Malagueta já está em liberdade

O brigadeiro Jerónimo Malagueta, director do Departamento de Informação da Renamo, que estava detido na Cadeia Central da Machava há cerca de nove meses, foi restituído à liberdade esta sexta-feira (28). Embora sejam escassas as informações à volta do assunto, sabe-se que a sua soltura foi mediante pagamento de uma fiança de 20 mil meticais.

Jerónimo Malagueta tinha sido detido no dia 21 de Julho do ano passado dois dias depois de ter anunciado, numa conferência de imprensa, que os homens armados da Renamo iriam impedir a circulação de pessoas e bens na Estrada Nacional Número Um (EN1) e de comboios nas linhas de Sena e Marromeu como forma de não permitir movimentos das Forças de Defesa e Segurança e seu equipamento em direcção à Sathundjira, onde o seu líder, Afonso Dhlakama, se encontrava a residir antes do ataque de Outubro.

Entretanto, a soltura de Malagueta pode ter sido feita no âmbito das negociações entre o Governo e a Renamo, pois esta última impôs como uma das condições para o seu desarmamento a libertação dos seus membros, que se encontram detidos em diversas unidades prisionais do país, sendo um deles o director do Departamento de Informação.

Para além da libertação dos seus membros, que os considera presos políticos, a Perdiz exige a integração dos seus homens (actualmente armados) nas fileiras das Forças Armadas de Defesa de Moçambique, Polícia da República de Moçambique, Força de Intervenção Rápida e Serviços de Inteligência e Segurança do Estado.

Em suma, excepto a libertação dos seus membros, o que a Renamo está a colocar como contrapartida para a sua desmilitarização vinha previsto no Acordo Geral de Paz, assinado na cidade de Roma, Itália, a 4 de Outubro de 1992, e que pôs fim à guerra de 16 anos.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!