Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Israel liberta presidente do Parlamento palestino detido há três anos

O presidente do Parlamento palestino, dominado pelo movimento islamita Hamas, Aziz Doweik, foi libertado nesta terça-feira, depois de cumprir uma penas três anos de prisão em Israel. “Ele foi libertado da penitenciária de Hadarim (região de Tel Aviv) e está a caminho do posto de controle de Shaer Ephraim, norte da Cisjordânia”, declarou à AFP seu advogado, Fadi Qawasmeh.

Um porta-voz da administración penitenciária israelense confirmou a libertação. Um tribunal militar rejeitara no dia 17 de junho um recurso da procuradoria militar para manter Doweik na prisão após o cumprimento da sentença.

O dirigente palestino deveria permanecer atrás das grades até agosto, mas se beneficiou de uma “libertação administrativa”. Doweik, 60 anos, foi eleito presidente do Parlamento em fevereiro de 2006, depois da vitória do Hamas nas eleições legislativas palestinas.

O Exército israelita o prendeu em agosto do mesmo ano em Ramallah, em uma operação que gerou muitos protestos em todo o mundo.

Na mesma operação, realizada após o sequestro em junho de 2006 do soldado israelense Gilad Shalit por um comando palestino perto da Faixa de Gaza, o Exército prende vários dirigentes do Hamas, incluindo oito ministros e 29 parlamentares.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!