Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Irmãs detidas na companhia de amigos por consumo e venda de drogas em Maputo

Quatro irmãs estão a contas com as autoridades policiais da 12a esquadra, desde a semana finda, na cidade de Maputo, acusadas de venda e consumo de diversos tipos de estupefacientes. As visadas foram privadas de liberdade na companhia de um grupo de amigos, também acusados do mesmo crime.

Segundo a Polícia da República de Moçambique (PRM), a prisão do grupo contou com a colaboração da população do bairro da Polana Caniço, área residencial dos visados. A Polícia recuperou vários instrumentos contundentes, dos quais uma faca.

O grupo troca acusações entre si, mas as senhoras negam o seu envolvimento no acto. A PRM disse que vai continuar a fazer rusgas na Polana Caniço, no Maxaquene, por exemplo, para desmantelar os grupos que se dedicam à venda e consumo de drogas. E apela à população para que denuncie estes tipo de acto.

Refira-se que, há dias, que pelo menos 10 pessoas foram presas por consumo de drogas, em vários bairros da periferia da cidade de Maputo. Em sua posse, a Polícia apreendeu 17 quilogramas de soruma. Os bairros de Chamanculo “A” e “B” e Mafalala são alguns locais da urbe onde se tem intensificado as rusgas devido à venda de estupefacientes, de acordo com Orlando Modumane, porta-voz da PRM em Maputo.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!