Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Irão condena à prisão uma mulher que protestou contra proibição nos eventos desportivos

Uma mulher com cidadania britânica e iraniana que participou em Teerão de um protesto contra a proibição de as mulheres irem aos eventos desportivos masculinos foi presa por um ano por divulgar uma propaganda contra o Estado, disse a imprensa iraniana.

Ghoncheh Ghavami, 25 anos, foi detida a 20 de Junho fora do estádio de Azadi, onde participava de um acto que reivindicava que as mulheres pudessem entrar para assistir a uma partida de vôlei entre o Irão e a Itália.

Ela foi acusada num tribunal de Teerão de actividades e propaganda contra a República Islâmica. Segundo a agência de notícias Ilna, o advogado de Ghavami, Alireza Tabatabaie, disse no sábado que a sentença poderá ser reduzida devido a bons antecedentes.

O Reino Unido, que não tem presença diplomática permanente no Irão, mas afirma planear reabrir a sua embaixada, disse ter preocupações sobre como Ghavami foi tratada e agora sentenciada.

“Estamos preocupados com os relatos de que Ghoncheh Ghavami foi condenada a 12 meses de prisão por propaganda contra o Estado”, declarou o porta-voz do Ministério do Exterior britânico, em comunicado.

“Temos preocupações sobre o processo e com o tratamento em custódia de Ghavami.” O Irão não reconhece dupla cidadania e trata os cidadãos com dupla nacionalidade como iranianos. Ghavami foi libertada logo depois da prisão em Junho, mas presa de novo em seguida.

Em outubro, ela fez uma greve de fome de duas semanas. Tabatabaie disse que por “várias razões” não conseguiu encontrar-se com a acusada antes da sessão de sábado. A prisão inicial de Ghavami ocorreu um pouco antes a detenção de outra pessoa de dupla cidadania.

Jason Rezaian, que também tem nacionalidade norte-americana, é repórter do Washington Post e permanece em custódia. Os Estados Unidos não têm ligações diplomáticas directas com o Irão.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!