Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Instalado Centro de Recursos e Educação Inclusiva em Nampula

Foi instalado na cidade de Nampula o centro de recursos e educação inclusiva para crianças deficientes não só desta província, como também de Cabo Delgado e Niassa, que beneficiarão, igualmente, de oportunidades para desenvolverem habilidades que lhes facilitem a realização de actividades idênticas às da criança normal.

Rui Alfredo, técnico do departamento de Educação Especial no Ministério da Educação, que deu a conhecer o facto, não revelou os valores monetários aplicados na construção da referida infraestrutura, mas disse que foram já criadas as condições mínimas tendentes a garantir um bom acolhimento das referidas crianças.

Acrescentou que foram construídas rampas para permitir a movimentação da maioria nas instalações e montados estendais para secagem da roupa depois de lavada, entre outros requisitos afins e agora decorrem os últimos acertos para que o Centro possa entrar em funcionamento até princípios do próximo ano.

A fonte, que falava num encontro realizado recentemente na cidade de Nampula, avançou que os órgãos locais que tutelam a área de Acção Social, nomeadamente associações, Organizações Não Governamentais e as direcções provinciais da Educação, Mulher e Acção Social, têm a responsabilidade de promover acções estratégicas, incluíndo palestras, que visem a sensibilização das comunidades em relação aos objectivos que nortearam a criação daquele centro.

Precisamos de trabalhar para a divulagação da existência deste centro, visto que muitos pais, mesmo com condições para apoiar seus filhos, carecem deste tipo de espaço – Anotou.

Uma fonte da direcção provincial da Mulher e Acção Social de Nampula recordou que, outrora, as crianças necessitadas deste género de assistência e, em consequência, recorria-se ao Insituto de Deficientes Visuais na cidade da Beira, onde a nossa província tinha acesso apenas a cinco vagas anuais, manifestamente insuficientes face à situação actual da província, cuja pesquisa levada a cabo pela Power International nas escolas dos distritos de Monapo e Nacala-Porto e na cidade de Nampula, concluíu que, num universo de 133.046 alunos, mais de 2.400 são portadores de deficiência física e, desse número, cerca de 1.5% apenas tem acesso ao ensino.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!