Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Inaugurado primeiro Laboratório de Segurança Radiológica

O Ministro moçambicano da Saúde, Ivo Garrido, inaugurou esta segunda-feira, em Maputo, o primeiro Laboratório de Segurança Radiológica, cuja principal tarefa é monitorar a saúde de profissionais que trabalham com radiações e ionizantes.

A compra e montagem do respectivo equipamento custou, ao Estado moçambicano, cerca de 280 mil dólares norte-americanos Falando na cerimónia, Garrido disse que, nesta primeira fase, a prioridade é proteger os trabalhadores de radiologia dos hospitais públicos e, posteriormente, a medida vai se estender ao sector privado.

Garrido exprimiu, na ocasião, a sua satisfação pelo facto deste laboratório não só ser o primeiro do género no país, desde a proclamação da independência nacional, há 34 anos, mas também porque é o segundo a nível da região Austral da África. “É a primeira vez que nós montamos um laboratório de Segurança Radiológica em Moçambique, após a independência. Fiquei muito mais contente quando foi informado de que somos o segundo país da África Austral a montar este tipo de laboratório. Portanto, existe na África do Sul e, agora, também em Moçambique”, frisou Garrido.

O Técnico de laboratório, Ridwaan Esmail, disse, por seu turno, que a adesão de privados aos serviços do laboratório será mediante o pagamento de um valor monetário ainda por estipular. “A adesão a estes serviços, por parte de privados, será permitida perante o pagamento de um valor monetário ainda por estipular, pois o equipamento é muito caro”, declarou Ridwaan.

Ele acrescentou que “na montagem deste laboratório foram envolvidos 280 mil USD, provenientes do Orçamento do Estado. Perder um equipamento destes é um dano para o ministério, portanto o ministério tem de estar preparado para tirar algum benefício”. Refira-se que devido ao facto de o sistema ser complicado, a ideia é ter o laboratório em Maputo como sede nacional. Para outras zonas, serão usados os mesmos equipamentos mas de uma forma móvel.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!