Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Importações da China: Empresas moçambicanas passam a pagar na moeda chinesa

O Standard Bank introduziu, recentemente, um serviço de conversão de Meticais para Yuan (moeda chinesa) nas importações, com vista a facilitar as transacções comerciais entre os dois países.

Com efeito, já é possível pagar, no Standard Bank, as facturas de importação directamente em Yuan, moeda original do exportador na China. Assim, o importador evita custos cambiais adicionais, resultantes de câmbios cruzados quando o pagamento é feito em dólar norte-americano e habilita-se a preços mais competitivos dos bens importados.

O banco ocupa uma posição privilegiada para assistir empresários de Moçambique com interesses na China e vice-versa, dada a sua forte ligação com o Banco Comercial e Industrial da China (ICBC), maior banco chinês e do mundo, que detém 20.1% do Grupo Standard Bank, desde 2008.

As trocas comerciais entre os dois países registaram um aumento significativo em Janeiro deste ano, atingindo os 168 milhões de dólares norte-americanos, valor que representa um crescimento de 2,24% em comparação com o que se verificou em igual período em 2016.

Com efeito, as empresas chinesas venderam produtos no valor de 120 milhões de dólares, mais 2,16% face a 2016, e compraram bens no montante de 47 milhões de dólares.

Entre os produtos exportados de Moçambique para a China o destaque vai para a madeira, sendo que os bens de importação incluem electrodomésticos e equipamentos para a construção e a indústria.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!