Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Importação de combustíveis consome USD 157,5 milhões no 1º trimestre de 2012

Cerca de 157,5 milhões de dólares norte-americanos constituem o valor da factura suportada por Moçambique na importação de combustíveis ao longo do primeiro trimestre de 2012, situação que obrigou o mercado cambial doméstico a registar pressão decorrente do aumento da procura de divisas.

As vendas totalizaram cerca de 315 milhões de dólares norte-americanos gastos na importação de combustíveis e de produtos alimentares, impacto, no entanto, limitado mercê do desgaste nas Reservas Internacionais Líquidas (RILs) em 128 milhões de dólares para o saldo de 2111 milhões de dólares norte-americanos, segundo o Banco de Moçambique (BM).

O valor do saldo das reservas externas correspondeu à cobertura de 4,7 meses de importações de bens e serviços não factoriais, segundo ainda o banco central moçambicano.

Entretanto, o sector externo registou, no primeiro trimestre de 2011, o saldo da conta corrente da Balança de Pagamentos que deteriorou um ponto percentual do Produto Interno Bruto (PIB), o correspondente a cerca de 508 milhões de dólares, quando comparado com o período homólogo de 2010, ao registar o valor de 1615 milhões de dólares.

Este valor representa cerca de 12,6% do Produto Interno Bruto do período em apreço.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!