Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Iémen diz que 500 militantes da Al Qaeda e 50 soldados foram mortos numa ofensiva

O Exército do Iémen disse, esta quinta-feira (5), que 500 militantes da rede Al Qaeda foram mortos desde que os militares lançaram uma ofensiva contra o grupo em Abril.

Um total de 40 soldados também morreram em decorrência da campanha militar contra o grupo, informou o Exército na quinta-feira. Os militares do Iémen deram início a uma ofensiva no sul do país para tentar esmagar um grupo islamita que matou centenas de pessoas.

Em resposta, os militantes intensificaram os ataques contra instalações do governo depois de terem sido expulsos de seus redutos na províncias de Shabwa e Abyan, no sul.

Eles fugiram para o deserto e para as montanhas, de onde vêm lançando ataques ao Exército e alvos do governo.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!