Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Hoje é o dia da não-violência ao idoso

São poucos dias que valorizamos esta camada. Vezes sem conta até usamo-los como bodes expiatórios dos nossos problemas. Quantas vezes ouvimos dizer ou testemunhamos morte de pessoas idosas acusando-as de ser protagonistas da nossa má vida?

E não só, noutros casos, os idosos são abandonados pelos parentes e acabam fixando residência nas ruas das cidades. E nas sextas-feiras, o cenário torna-se grave com aquelas enormes bichas enfrente das lojas só para receberem uma metáde de pão ou cinquenta centavos, mas depois de ouvirem boas palavras de amargura. Algumas destas pessoas idosas não fazem porque querem, mas a força do destino assim o quis.

Quem não quer viver num ambiente condigno? No seio deles de facto, ficam estas palavras “hoje sou eu mas amanhã é você” Não se foge a velhice, por isso todos lá iremos mesmo que passem anos, o destino lá nos espera. Por isso, faça a sua parte para esta camada. O Diário da Zambézia está fazendo a parte dele.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!