Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Guerrilha colombiana nomeia novo líder para suceder Alfonso Cano

A guerrilha das Farc nomeou Timoleón Jiménez, conhecido como Timochenko, como o seu comandante máximo, no lugar de Alfonso Cano, morto este mês pelos militares da Colômbia, informou um comunicado do grupo publicado no seu website.

“Timochenko” também é conhecido pelo nome de Rodrigo Londoño e é considerado um linha-dura no grupo. Ele recebeu treinamento militar em Cuba e na Rússia e, segundo os serviços de inteligência colombianos, é parte da ala mais intransigente ao diálogo.

Cano foi morto num dos maiores ataques dos militares da Colômbia contra a guerrilha, em 4 de novembro, mas os insurgentes prometeram continuar a luta, descartando a possibilidade de que a morte do seu líder pudesse favorecer as perspectivas de paz. “Nós queremos informar a vocês que o camarada Timoleón Jiménez foi designado em 5 de novembro, por votação unânime dos seus companheiros, como novo comandante das Farc”, diz o comunicado publicado no website chamado Agência de Imprensa Bolivariana, o qual costuma divulgar mensagens dos rebeldes.

Timochenko, de 52 anos, é membro do secretariado formado por sete guerrilheiros, o órgão de direção política e militar que governa as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) desde o início dos anos 1990. As autoridades acreditam que ele opere no norte da província de Santander, perto da fronteira com a Venezuela. O novo líder das Farc integra o grupo desde o início dos anos 1980 e tem pelo menos 117 mandados de prisão contra ele.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!