Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Guebuza apela união dos membros da FRELIMO em torno do candidato Presidencial a ser eleito

O Presidente moçambicano e presidente do partido Frelimo, no poder, Armando Guebuza, afirmou que o candidato a ser eleito no seio daquela força partidária vai ser eleito democraticamente, por isso será apoiado por todos os membros do partido.

“O militante da Frelimo que for eleito, como humano, terá, naturalmente, as suas lacunas e virtudes. Comprometemo-nos, igualmente, a unirmo-nos em seu redor e com ele trabalhar, para minimizar e superar as suas lacunas”, disse Guebuza, neste sábado, durante a cerimónia do enceramento da 3/a Sessão Nacional da Associação dos Combatentes da Luta de Libertação Nacional (ACLLN), no município da Matola, província meridional de Maputo.

O estadista moçambicano disse que vai ser na sequência desse apoio que se vai sublinhar que realmente a única alternativa à vitória é a própria vitória, uma vitória que deve ser esmagadora, convincente e retumbante.

Para Guebuza, a vitória da Frelimo vai garantir que se viva em paz no país e se construa um futuro melhor para todos os moçambicanos.

“Queremos garantir a nossa vitória para prosseguirmos com a valorização da independência nacional e da nossa soberania, duramente conquistadas. Queremos assegurar a nossa vitória para prosseguirmos com as acções em curso de consolidação da Unidade Nacional e da paz e da harmonia social?”, disse Guebuza.

Por seu turno, o ex-presidente moçambicano e membro da ACLLN, Joaquim Chissano, concorda com Guebuza, ao afirmar que todos devem, igualmente, apoiar o candidato eleito para representar o partido.

“Queremos reforçar a coesão para que todos apoiem o candidato que for a sair. Não há ninguém contra a decisão da Comissão Política. Mas para que toda a gente possa ter uma palavra é melhor criarmos condições”, disse Chissano.

Durante a sessão da ACLLN, foi proposta a inclusão de mais pré-candidatos a candidato da Frelimo a Presidencia da Republica, para além dos actuais- o Primeiro-Ministro, Alberto Vaquina, o Ministro da Agricultura, José Pacheco, e o Ministro da Defesa Nacional, Filipe Nyussi.

Assim sendo, espera-se, depois da sugestão da ACLLN, que sejam apresentados mais pré-candidatos a candidato as presidenciais. Para além da sugestão da inclusão de mais pré-candidatos, a 3/a sessão daquela agremiação exigiu a reestruturação do Secretariado-geral do partido.

O novo candidato deverá ser eleito na sessao do Comité Central que vai decorrer entre 27 do mês em curso a 2 de Março.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!