Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

https://www.petromoc.co.mz/Lubrificantes.htmlhttps://www.petromoc.co.mz/Lubrificantes.htmlhttps://www.petromoc.co.mz/Lubrificantes.html
Publicidade

Grupo IPS alarga-se ao ensino pré-escolar e básico

Lourenço do Rosário, PCA grupo IPS Lda

A Secretária do Estado da província de Maputo, Vitória Diogo, visitou, recentemente, o Centro Educativo Multidisciplinar (CEM), da Fundação Universitária para o Desenvolvimento da Educação (FUNDE), localizado no posto administrativo da Matola-Rio, constituído por um Jardim Infantil e uma Escola Primária Completa (EPC).

Trata-se de um centro que alberga o ensino pré-escolar, denominado “A Semente” e uma escola que ostenta o nome “Lamuka”, que traduzido em vários idiomas nacionais significa: crescer, estudar, desenvolver, entre outras traduções relacionadas com o processo de ensino e aprendizagem.

O CEM tem por objectivo assistir às comunidades locais, através da prestação de cuidados infantis bem como a ministração do ensino pré-escolar e básico, assegurando ainda uma formação de qualidade às crianças e adolescentes que lhes garanta a descoberta e o desenvolvimento dos seus interesses e aptidões.

A governante referiu, na ocasião, que a implantação do CEM, na província de Maputo, fecha o círculo do processo de ensino e aprendizagem do grupo IPS, passando a englobar para além do ensino superior, secundário e técnico, o nível primário e o jardim infantil.

“Este projecto é extraordinário, porque abrange os meninos desde o pré-escolar, que constituí um período especial para a formatação do ser, possibilitando a criação de uma geração verdadeiramente A Politécnica”, apontou Vitória Diogo.

Por sua vez, o presidente do Conselho de Administração (PCA) do Grupo IPS, Lourenço do Rosário, disse que o CEM nasce da necessidade de se abrir outras áreas, no caso vertente o primário e pré-escolar,para além do ensino superior, secundário e técnico-profissional que já estão implantados em todas as províncias, onde A Politécnica se faz presente.

“O que nos faltava no nosso projecto era irmos mais abaixo, começando pelo princípio, isto é, o pré-escolar. Este centro acaba por ser um pólo que para além de servir às comunidades que estão à volta, como Boane, vai servir também à própria cidade da Matola. Aliamos as duas vertentes, por um lado, o serviço à comunidade com a nossa responsabilidade social e por outro lado,a implantação do ensino privado de qualidade”, concluiu Lourenço do Rosário.

Importa referir que o CEM para além da actividade lectiva contempla uma Clínica Comunitáriade Atendimento Psicológico e um serviço de Apoio Jurídico, inteiramente gratuitos.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!