Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Greve fecha a maior fábrica da Toyota na China

A maior fábrica da montadora japonesa Toyota, na China, suspendeu suas atividades esta sexta-feira, devido a uma greve numa filial de produção de autopeças, a Toyoda Gosei de Tianjin, que interrompeu a produção. Os empregados reivindicam aumentos salariais.

A Toyoda Gosei, no norte da China, produz partes de plástico adaptadas para o interior e o exterior dos veículos. Em consequência, “as três linhas de montagem da Tianjin FAW Toyota suspenderam o funcionamento na tarde desta sexta-feira”, declarou à AFP a porta-voz da Toyota, Mieko Iwasaki. Com mais de 12.000 empregados, a Tianjin FAW Toyota é a maior empresa conjunta do grupo japonês na China.

O rival da Toyota, Honda, já havia sido afetado nas últimas semanas por greves que atraíram a atenção internacional para as queixas sobre os salários baixos e as longas jornadas de trabalho vividas por milhões de operários chineses. A paralisação an Honda terminou depois de a empresa oferecer aumento salarial de 24%.

A Toyota possui outras unidades de montagem dirigidas em conjunto por parceiros chineses nas províncias de Guangdong (sul) e Sichuan (sudoeste).

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!