Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Governo português satisfeito com venda da dívida pública

O presidente da delegação do Parlamento para a Crise na Europa defendeu esta quarta-feira que Portugal não precisa de recorrer, por agora, a ajuda internacional, depois de o Tesouro ter colocado obrigações em leilão. Uma operação que o ministro das Finanças português, Teixeira dos Santos, classificou como um “sucesso”.

“Foi um sucesso porque a procura triplicou o montante emitido, o que é um recorde nos tempos mais recentes, em termos de procura das emissões da dívida pública portuguesa”, explicou o ministro. Portugal passou hoje no teste da emissão de obrigações de Tesouro a 10 anos, angariando cerca de 1.62 mil milhões de dólares.

Para Teixeira dos Santos, este cenário reforça “a confiança na estratégia” perseguida pelo Governo português. “Essencialmente uma estratégia que visa diversificar a base de investidores na dívida pública portuguesa. Temos feito contactos internacionais já há muitos meses nesse sentido, e os resultados começam a ser visiveis”, concluiu.

A operação, seguida atentamente pelos media internacionais, foi vista como um teste para aferir se Portugal precisa ou não de pedir ajuda a Bruxelas e ao FMI.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!