Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Governo moçambicano aumenta subsídio básico para pessoas vulneráveis

As 265 mil pessoas consideradas vulneráveis, em todo Moçambique, e abrangidas pelo Programa de Subsídio Social Básico, implementado pelo Governo, através do Ministério da Mulher e da Acção Social, passam a beneficiar de um aumento monetário nas suas subvenções mensais, a partir do próximo ano.

O Executivo decidiu, esta quinta-feira (27), na capital do país, que os actuais 130 meticais dados a um agregado familiar constituído por uma pessoa passará para 250 meticais. As famílias compostas por duas pessoas passarão a ter 320 meticais, contra os actuais 190 meticais.

Enquanto isso, numa família constituída por três pessoas, o valor vai passar de 260 para 380 meticais. De quatro membros terá 440 meticais, contra os actuais 320. Para o escalão de cinco pessoas ou mais os actuais 380 meticais passarão para 500.

Esta decisão foi tomada no fim da 44ª Sessão Ordinária do Conselho de Ministros, por sinal a última do ano prestes a findar.

O vice-ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, na ocasião porta-voz do Governo, Henrique Banze, explicou que a revisão das subvenções visa tentar abranger o maior número de beneficiários e melhorar, paulatinamente, e sempre que possível, os subsídios dados às pessoas vulneráveis.

O Programa de Subsídio Social Básico incide sobre os agregados familiares chefiados por idosos, crianças e pessoas deficientes. Prevê-se que no próximo ano passe dos actuais 265 mil 291 mil beneficiários.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!