Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

https://www.petromoc.co.mz/Lubrificantes.htmlhttps://www.petromoc.co.mz/Lubrificantes.htmlhttps://www.petromoc.co.mz/Lubrificantes.html
Publicidade

Governo compromete-se a promover a industrialização de Moçambique

mic-cmesquita-industrilizacao

O Governo moçambicano compromete-se a continuar a aprimorar as políticas fiscais, monetárias e sectoriais, bem como a investir em infraestruturas de logística e na melhoria do acesso e da qualidade de energia eléctrica com vista a promover a industrialização no País, estimulando, dessa forma, a produção nacional e a substituição das importações, o que irá concorrer para a diversificação da economia.

Esta garantia foi dada na segunda-feira, 19 de Abril, pelo Primeiro-Ministro, Carlos Agostinho do Rosário, na cerimónia de abertura do “Seminário Económico”, organizado pelo Ministério da Indústria e Comércio, com o objectivo de reflectir sobre os mecanismos de industrialização no País, bem como colher subsídios para o aprimoramento da Estratégia Nacional de Industrialização.

Conforme explicou Carlos Agostinho do Rosário, ao priorizar a industrialização, o Governo pretende criar condições para que o País aumente a produção de produtos manufacturados de maior valor acrescentado e deixe de depender da produção de produtos primários. Pretende, ainda, criar oportunidades para o aumento da exportação de produtos manufacturados, assim como para a substituição das importações destes produtos, gerando ganhos e poupança em moeda externa.

“Acreditamos que, ao promover a industrialização, estaremos a diversificar a nossa economia, a dinamizar a transformação local dos recursos naturais, assim como a gerar mais oportunidades de emprego e renda, sobretudo para jovens e mulheres”, disse o Primeiro-Ministro.

Para o alcance deste desiderato, segundo Carlos Agostinho do Rosário, o Governo tem concebido e implementado iniciativas de política económica visando o desenvolvimento da cadeia de valor de diferentes sectores, com destaque para os da agricultura, pescas, recursos minerais e florestais. No sector da agricultura, por exemplo, “temos vindo a apostar no agro-processamento de modo a fortalecer as ligações entre este (sector) e a indústria, contribuindo para a redução de perdas pós-colheita e melhorando a conservação e a qualidade dos produtos agrários”.

Relativamente ao processo de aprimoramento da Estratégia Nacional de Industrialização, o Primeiro-Ministro explicou que o mesmo visa dinamizar o sector, vital para a diversificação e crescimento da economia: “Temos como objectivo primordial assegurar o realinhamento do processo de planeamento estratégico e operacional em torno da industrialização. Pretendemos assegurar que haja maior eficácia nas nossas intervenções, através de uma abordagem holística e integrada, com a identificação das acções concretas que cabem a cada um dos intervenientes dos diferentes sectores (público e privado)”.

Por seu turno, o ministro da Indústria e Comércio, Carlos Mesquita, referiu que o seminário, que decorreu sob o lema “Industrialização Integrada: Alinhamento Estratégico e Operacional”, enquadra-se nos esforços do Governo com vista ao cumprimento dos objectivos do Plano Quinquenal do Governo 2020-2024, concretamente no que diz respeito ao desenvolvimento económico e social do País, através da transformação e modernização do modo de organização da produção e do comércio.

“Pretende-se que se faça uma abordagem integrada sobre o desenvolvimento industrial, colhendo pontos de vista de empresários, gestores públicos e privados sobre os factores determinantes para o processo de crescimento económico, com foco na melhoria da articulação entre vários sectores e níveis de decisão, capacitação dos recursos humanos, melhoramento das infraestruturas de energia e de transporte, bem como na mobilização estrutural de financiamento privado”.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!