Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Governo búlgaro de Borisov renuncia após eleições presidenciais

O primeiro-ministro da Bulgária, o populista conservador Boiko Borisov, apresentou esta segunda-feira a renúncia ao seu cargo após o fracasso da candidata oficial à chefia do Estado do país na segunda volta das eleições presidenciais, que foram realizadas no domingo, informou o governo.

Num comunicado explica que Borisov informou os deputados, numa carta que acompanha a renúncia do governo depositada hoje no parlamento, que o Executivo continuará interino até à formação de um novo gabinete.

Ainda não se sabe a data de votação sobre a renúncia apresentada, mas fontes parlamentares consultadas pela Agência Efe estimaram que esta provavelmente seja aprovada amanhã.

Assim, Borisov cumpre a promessa que fez na campanha para as eleições presidenciais, quando disse que renunciaria se a candidata do seu partido, Cidadãos para o Desenvolvimento Europeu da Bulgária (GERB, sigla em búlgaro), Tzetzka Tsacheva, não ganhasse.

Tsacheva, actual presidente do parlamento, perdeu ontem na segunda volta das eleições ao obter 36,17% dos votos, contra o ex-general Rumen Radev, que se impôs com 59,35%, informou hoje a Comissão Central Eleitoral da Bulgária após a apuração de 99,33% dos votos.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!