Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Gibraltar, enclave estratégico entre o Atlântico e o Mediterrâneo

A colônia britânica de Gibraltar, um enclave situado no extremo sul da Espanha com uma área de 7 km2, que domina o estreito que liga o mar Mediterrâneo ao Oceano Atlântico, em frente ao Marrocos, foi cedido no século XVIII aos ingleses. As tropas inglesas, que participaram da guerra de Sucessão espanhola (1701-1713), depois da qual a dinastia real dos Habsburgo foi substituída pelos Bourbons, ocuparam Gibraltar no início do conflito.

O chamado “peñón” – a cidade está encravada aos pés de uma rocha no extremo de um istmo – fue cedido finalmente pela Espanha à Inglaterra no Tratado de Utrecht, assinado em 1713, que pôs fim a esta guerra, e em 1830 Londres concedeu ao território status de colônia. Em 1909, as autoridades britânicas construíram uma espécie de alfândega no único lugar por onde é possível chegar a Gibraltar por terra. Encerrada a Guerra Civil espanhola (1936-1939), o ditador Francisco Franco começou a reclamar a colônia, levando a questão à ONU, cuja Assembléia Geral aprovou várias resoluções, entre 1965 e 1974, que pedem o fim da colônia e a conclusão de um acordo a respeito.

Em 1967, os habitantes de Gibraltar se pronunciaram em um referendo a favor da manutenção do território como colônia britânica. Em 1968, o Reino Unido outorgou um status para ampliar a autonomia do território, o que levou a Espanha a fechar a alfândega – chamada de ‘verja’ – como protesto. Esta só foi reaberta em 1985. Com a redemocratização da Espanha, a partir de 1975, os sucessivos governos espanhóis se aproximaram gradualmente de Londres para negociar sobre a soberania do “peñón”.

Em 2001, um consenso foi alcançado para compartilhar a soberania. As conversações, no entanto, não avançaram, e um ano depois os habitantes de Gibraltar se pronunciaram contra a soberania hispano-britânica em outro referendo. Nas últimas décadas, Gibraltar foi adquirindo mais autonomia com o status de 1968, a Constituição de 2006 e sua entrada no Fórum de Diálogo tripartito que acontece nesta terça-feira.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!