Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Gémeos belgas surdos têm morte assistida após perderem visão

Dois gémeos belgas idênticos, que nasceram surdos e recentemente perderam a visão, tiveram ajuda para morrer conforme desejavam num caso que testa os limites da eutanásia legalizada.

Médicos administraram injeções letais nos dois irmãos de 45 anos, que antes disso tomaram café juntos e se despediram um do outro, disse nesta segunda-feira um porta-voz do hospital UZ, de Bruxelas.

“Não é simplesmente porque eles eram surdos e cegos que tiveram o direito à eutanásia. É que eles não conseguiam mais suportar o fato de não poderem escutar ou ver o outro”, afirmou. “Os irmãos eram inseparáveis. Eles viviam juntos e tinham o mesmo emprego.”

A Bélgica é um dos poucos países do mundo onde a eutanásia é legal.

O paciente precisa ser adulto, capaz de tomar decisões, e o desejo de morrer deve ser voluntário, forte e reiterado. Além disso, é preciso que o paciente sofra de alguma dor física ou mental insuportável para a qual não haja solução médica. O porta-voz disse que os irmãos morreram em 14 de dezembro e que a família acatou seu desejo.

O número de casos de eutanásia na Bélgica cresce a cada ano desde a legalização, em 2002. Em 2011, foram 1.133 pacientes mortos com auxílio médico, sendo 86 por cento com pelo menos 60 anos de idade e 72 por cento, portadores de câncer.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!