Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Futebol vive bolha especulativa que está para explodir, diz Aulas

Jean Michel Aulas, presidente do Lyon, rival na próxima terça-feira do Real Madrid na partida de ida das oitavas de final pela Champions League, declarou que “o futebol vive em uma bolha especulativa que está para explodir”, em entrevista publicada nesta segunda-feira pelo jornal El País.

“Estamos prestes a uma transformação muito grande. Nosso setor está em uma bolha especulativa que ainda não explodiu. Explodiu a da Internet, a financeira, a imobiliária”, mas não a do futebol, afirmou o presidente do clube francês. Quanto às soluções, Aulas não duvidou na hora de responder. “É preciso colocar um teto nas comissões e na quantidade de transgressões que os agentes fazem”, assinalou.

“A segunda regra deve ser colocar um limite de jogadores profissionais que um time possa ter. É preciso restringir o quadro a 22 ou 23 jogadores por equipe e proibir as cessões”, acrescentou. “A terceira medida deve ser tomada pela UEFA: definir as regras do equilíbrio orçamentário dos clubes em relação direta com os recursos próprios”, defendeu o presidente do Lyon.

Aulas também analisou os parâmetros em que o Real Madrid é organizado. “Florentino Pérez (presidente do clube espanhol) parte de um modelo de negócio fundado no marketing, nos direitos televisivos e no patrocínio. Com os títulos do Real Madrid isso pode ocorrer. Mas este modelo gera mais dificuldades para o treinador”, explica.

Sobre sua equipe, que enfrenta o time de Pérez na terça-feira na partida de ida das oitavas de final, afirmou que a queda da equipe no momento atual (estão em quarto pela Liga Francesa) deve-se, sobretudo, às baixas que teve em seu quadro de jogadores. “Tivemos muitas lesões. Somos o time da Champions League com mais jogadores machucados. Além disso, Benzema e Juninho (Pernambucano) saíram e a nova equipe tem medo de não estar à altura deles”, disse.

O presidente do Lyon aproveitou para dedicar algumas palavras a Karim Benzema, outrora estrela do time, agora no Real Madrid. “Está um pouco isolado da galáxia do Madrid. Precisa de um relacionamento mais pessoal com o treinador e com os companheiros para ganhar confiança. Às vezes parece um pouco distante. Toda sua vida, ele quis ir ao Madrid, inclusive negou-se a jogar no Manchester”, falou.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!