Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Futebol feminino: Pancadaria marca o quarto dia do “Nacional”

A contar para a quarta jornada do Campeonato Nacional de Futebol Feminino, prova que decorre na cidade de Nampula, a Servitrade de Maputo derrotou a Academia Chamisso de Cabo Delgado por 4 a 1, numa partida que foi interrompida ainda no decurso da primeira parte por tumultos que terminaram em espancamento da equipa da arbitragem. O jogo decorreu nesta terça-feira (23 de Julho) no campo Francisco Carvalho Durão.

Numa partida marcada por reivindicações das jogadoras da Academia Chamisso contra a actuação da equipa de arbitragem, a Servitrade de Maputo entrou a pressionar e no primeiro quarto de hora, mesmo contra a corrente do jogo, sofreu golo. No entanto, a felicidade das nortenhas foi sol de pouca dura pois, as oriundas de Maputo recuperaram do susto e chegaram ao empate.

Aliás, não demorou muito para que a goleada se instalasse no “Durão”, com a Servitrades a dar um banho de táctica à sua adversária, chegando à marca de 4 a 1 ainda no decurso da primeira parte. Contudo, transcorrido o minuto 33, a confusão instalou-se e a juíza da partida foi espancada, alegadamente por ter proferido palavras injuriosas contra as jogadoras da Academia Chamisso.

Ainda, as atletas de Cabo Delgado alegaram, também, o facto de a árbitra ter admitido que as jogadoras de Maputo estivessem em campo com as unhas acima do tamanho permitido, o que supostamente terá causado ferimento a algumas adversárias. A partida foi interrompida e o público assistente invadiu o recinto também para fazer justiça com as suas próprias mãos, o que fez com que a equipa de arbitragem se refugiasse num dos balneários para evitar o pior.

Refira-se, contudo, que até à data destes acontecimentos nenhuma partida desta prova teve protecção de agentes da Polícia da República de Moçambique. No outro jogo da tarde, a equipa da União Desportiva de Lichinga derrotou a Computer Solution de Manica por 4 a 0.

Golo solitário de Sónia mantém a invencibilidade de Viveiros

A equipa Viveiros de Nampula contínua invencível nesta edição 2013 do Campeonato Nacional de Futebol Feminino. Nesta terça-feira (23 de Julho), aquele conjunto derrotou a União Esperança de Quelimane por um a zero, num jogo realizado no estádio municipal 25 de Setembro.

Neste certame, a equipa da casa jogou somente ao contra-ataque, entregando as rédeas à sua adversária, que por sua vez não soube desenhar estratégias que pudessem encontrar espaços e traduzir as oportunidades em golos, o que acabou por ser fatal pois, aproveitando-se das suas linhas altas, ao minuto 77, num remate praticamente inofensivo, Sónia marcou o único golo do jogo a favor do Viveiros.

Com esta parca vitória, o conjunto da cidade de Nampula mantém a invencibilidade no certame, assumindo a liderança isolada com12 pontos. Sónia é a melhor marcadora da prova com cinco golos.

Clube Desportivo Cocorico assume a segunda posição

O Clube Cocorico da Beira defrontou e derrotou a equipa da Fanta da mesma cidade por 2 a 1 e garantiu a segunda posição na tabela classificativa com um total de 10 pontos. Nesta partida, a Fanta adiantou-se no marcador volvidos 23 minutos mas, no entanto, 14 minutos mais tarde foi restabelecida a igualdade, resultado que se levou até ao intervalo.

No reatamento, a Cocorico entrou arrojada a conquistar os três pontos e, ao minuto 47, chegou ao tento que encerrou as contas do jogo.

Quadro de resultados da 4ª jornada

União Esperança de Quelimane 0 – 1 Viveiros de Nampula

Clube Fanta da Beira 1 – 2 Cocorico

Computer Solution 0 – 4 União Desportiva de Lichinga

Academia Chamisso 1 – 4 Servitrades de Maputo

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!