Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Fórmula 1: Hamilton vence GP do Japão, numa corrida marcada por grave acidente

O britânico Lewis Hamilton venceu um molhado e sombrio GP do Japão neste domingo e ampliou a vantagem sobre o seu companheiro de Mercedes, Nico Rosberg, para dez pontos, com quatro corridas restante para o final da temporada da Fórmula 1.

A corrida começou com os carros atrás do safety car por causa da forte chuva e terminou sem comemoração, depois que Jules Biachi, da Marussia, foi levado para o hospital após o acidente que deixou o jovem francês gravemente ferido.

Rosberg, que largou na pole, terminou em segundo, após a terceira entrada do safety car na pista e com as bandeiras vermelhas indicando algo grave.

O alemão Sebastian Vettel, atual tetracampeão mundial, que está a trocar a Red Bull pela Ferrari ao final da temporada, chegou em terceiro, com o resultado sendo baseado nas posições da volta 44, de um total de 53 giros.

O australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull, que poderia ter chegado ao pódio, foi o quarto colocado.

A expressão tensa dos pilotos enquanto esperavam para subir ao pódio evidenciava a verdadeira história da tarde japonesa com Bianchi ocupando os seus pensamentos. O champanhe não foi estourado, com os três mal brindando com as garrafas e tomando um rápido gole pouco antes de coloca-las novamente no chão.

“O piloto não está consciente e foi levado ao hospital de ambulância porque o helicóptero não tinha como decolar com essas condições”, informou um porta-voz da Federação Internacional de Automobilismo (FIA). “Obviamente é um anticlímax saber que um colega está seriamente ferido, então essa é a principal preocupação agora”, declarou Hamilton que, se não fossem as circunstâncias, estaria feliz com sua terceira vitória consecutiva e com uma de suas mais impressionantes performances.

Esta foi a oitava vitória de Hamilton na temporada, mas a primeira em Suzuka. A outra única vitória do campeão mundial de 2008 no Japão aconteceu no circuito de Fuji, ainda com a McLaren, em 2007.

A corrida começou como o programado, mas com os carros largando atrás do safety car, por causa da chuva e da crescente ameaça da chegada de um tufão. os carros completaram uma volta e então foram conduzidos ao grid para aguardar a relargada.

“Lewis está a dizer que as condições são tão más que ele não consegue te ver”, avisou o engenheiro de Rosberg, enquanto as duas Mercedes andavam cuidadosamente pelo circuito.

Quando a prova recomeçou, novamente atrás do safety car, Fernando Alonso foi a primeira baixa, com o seu Ferrari parando na pista. “Foi uma pena. Tive queda de energia no carro, problema de eletricidade e o carro desligou. Talvez tenha entrado água em alguns conectores”, afirmou o espanhol, cujo futuro continua uma incógnita, mesmo após o anúncio de Vettel.

Quando o safety car deixou a pista após oito voltas, a batalha começou, com Hamilton perseguindo Rosberg atrás de uma nuvem de água e ultrapassando o companheiro com uma manobra emocionante na volta 29, após a sua primeira parada nas boxes.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!