Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Forças sírias matam 35 durante protestos

Forças da Síria mataram 31 civis desde sábado durante protestos na cidade de Jisr al-Shughour, no oeste do país, que exigiam a deposição do presidente Bashar al-Assad, segundo moradores locais.

As mortes começaram quando francoatiradores no telhado de uma agência de correios abriram fogo contra pessoas que estavam no velório de seis manifestantes mortos na sexta-feira, quando um grande protesto pró-democracia foi dispersado. “Nas últimas 21 horas, ao menos 31 pessoas foram mortas por tiros, entre elas enlutados de um funeral”, disse um professor de História que se deu o nome de Ahmad. Ele disse que os participantes do funeral atearam fogo em parte da agência de correios após os tiros.

A agência de notícias estatal síria disse que “grupos terroristas armados” mataram quatro policias na cidade, atacaram construções públicas e “espalharam terror no coração de cidadãos, que pediram que as autoridades interviessem com força para protegê-los.”

O Observatório Sírio para Direitos Humanos disse que 31 civis e quatro policiais morreram. Ammar Qurabi, diretor da Organização de Direitos Humanos Síria, disse que as forças de segurança mataram ao menos 20 civis. “As mortes em Jisr al-Shughour são um ato de vingança pelo Estado contra os protestos de sexta-feira e outra tentativa de silenciar uma cidade síria por meio do uso da violência”, disse Qurabi.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!