Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Forças pró-Assad matam 106 pessoas na cidade de Homs

Mais de 100 pessoas, incluindo mulheres e crianças, foram mortas por forças leais ao presidente sírio, Bashar al-Assad, Terça-feira (16), em Homs, informou o Observatório Sírio para os Direitos Humanos, esta Quinta-feira (17).

O grupo, com sede na Grã-Bretanha, disse que cerca de 106 pessoas foram queimadas nas suas casas e outras foram mortas com tiros ou facadas, quando as forças pró-Assad invadiram Basatin al-Hasawiya, um bairro pobre da cidade.

A Reuters não pôde confirmar as informações de forma independente devido às restrições para apuramento impostas pela Síria.

“O Observatório tem os nomes dos 14 membros de uma família, incluindo três crianças, e informações sobre outras famílias que foram completamente dizimadas, incluindo uma de 32 pessoas”, contou o chefe do Observatório, Rami Abdelrahman, à Reuters.

“Isto precisa de ser investigado pela ONU”, disse Abdelrahman, que monitora as atrocidades cometidas por ambos os lados no conflito que dura 22 meses.

O conflito na Síria começou como um movimento de protestos pacíficos em Março de 2011 e transformou-se desde então numa guerra civil plena, que já causou mais de 60.000 mortes.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!