Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Forças leais ao presidente do Iémen tomam partes do centro económico do país

Forças leais ao presidente do Iémen afirmaram ter assumido o controle de edifícios estratégicos na cidade de Aden, no sul, esta segunda-feira (16), depois de uma batalha de quatro horas que deixou exposta a escalada de um conflito civil que ameaça dividir o país em dois.

As milícias que apoiam Abd-Rabbu Mansour Hadi tomaram partes da cidade, que é o centro económico do Iémen, das mãos das forças de segurança aliadas ao movimento Houthi, incluindo a principal usina de energia e o quartel-general dos serviços de inteligência.

O norte do país encontra-se dominado pelos muçulmanos xiitas Houthi, que concluíram uma invasão à capital Sanaa no mês passado. No sul, forças leais a Hadi e separatistas que querem reestabelecer o antigo Iémen do Sul parecem ter assumido o controle.

Os Houthis forçaram Hadi a renunciar no meio de confrontos, mas ele continua a ser o presidente de direito do Iémen. O movimento tentou dissolver a assembleia do país há duas semanas, mas o grupo parlamentar majoritário, o partido Congresso Geral do Povo (CGP), foi contra.

O CGP disse, esta segunda-feira, que retirou a sua objecção, aumentando as chances de que um consenso seja alcançado nas negociações multipartidárias sobre a escolha de uma nova administração federal.

Houve uma recente escalada da violência no país, que se seguiu ao vácuo de poder deixado em Janeiro, quando os Houthis invadiram o palácio presidencial e forçaram a renúncia do gabinete do primeiro-ministro Khaled Bahah.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!