Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

FEMATRO busca fundos para mais 20 autocarros

A Federação moçambicana dos Transportadores Rodoviários (FEMATRO) está a buscar meios para minimizar a crise de transporte que se faz sentir nas cidades de Maputo, a capital moçambicana, e Matola.

Para o efeito, segundo Luís Munguambe, porta-voz da FEMATRO, está-se a trabalhar na mobilização de financiamento para a aquisição de 20 autocarros para o reforço da frota nestas duas urbes.

Segundo ele, a agremiação está a negociar com os seus parceiros para a alocação de dinheiro que permitirá a aquisição de mais autocarros da marca Leyland.

Os meios circulantes serão comprados localmente, pois há uma agência representante da marca, na qual foram adquiridos 50 autocarros, com o financiamento do Governo, através do Fundo de Desenvolvimento dos Transportes e Comunicações (FTC).

De acordo com Munguambe, a FEMATRO continua a envidar esforços com vista a trazer soluções para a crise do transporte semi-colectivo de passageiros que tem dominado as cidades de Maputo e Matola, bem como outras regiões do país.

Contudo, ele referiu que não será fácil resolver, a curto prazo, este problema, tendo em conta a sua complexidade. Entretanto, a Federação Moçambicana dos Transportadores Rodoviários está à espera que o processo de concessão das rotas se concretize.

Segundo ele, o “dossier” está nas mãos do Governo e dos municípios de Maputo e Matola. Munguambe diz desconhecer as razões que estão por detrás da demora, pois, nas suas palavras, o mesmo já devia ter acontecido no ano passado. As cidades de Maputo e Matola estão mergulhadas numa crise de transporte público de passageiros.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!