Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Federer bate Murray e conquista o 7o título em Wimbledon

Roger Federer superou Andy Murray em parciais de 4-6, 7-5, 6-3 e 6-4, neste domingo, para conquistar seu 7o título em Wimbledon e seu 17o troféu de um Grand Slam. O suíço terceiro recuperou-se de um início lento, dominou a partida e voltou ao topo do ranking mundial, pondo fim às esperanças de Murray de se tornar o primeiro britânico a conquistar o título em casa em 76 anos.

Após se fazer presente nos dois primeiros sets, a chuva interrompeu o embate por 40 minutos no início do terceiro. Quando os tenistas retornaram sob o teto fechado da Quadra Central, Federer assumiu o controle. Ele conseguiu a quebra decisiva num bastante disputado sexto game e quebrou novamente em 3-2 no quarto set, selando a vitória em seu segundo match point após 3 horas e 24 minutos de partida.

“As duas últimas partidas foram das melhores que já joguei”, disse Federer à plateia, depois de erguer o troféu, sobre a semifinal e a final em Wimbledon. “Não poderia estar mais feliz. É ótimo estar de volta como vencedor, é um grande momento. É muito bom ter este troféu novamente após três anos”, acrescentou.

Emocionado, Murray lutou para segurar as lágrimas quando tomou o microfone após sua primeira final em Wimbledon. “Estou a chegar mais perto”, disse Murray, chorando. O escocês já tinha perdido duas vezes para Federer sem vencer nenhum set em duas finais de Grand Slam. “Gostaria de parabenizar Roger. Ele fez um ótimo torneio, e não está mal para um sujeito de 30 anos.”

Murray quebrou o serviço de Federer no game de abertura da partida, mas o suíço imediatamente devolveu a quebra e empatou em 2-2. Federer variou seu jogo para aumentar a pressão sobre Murray, mas o britânico quarto cabeça-de-chave conseguiu sua segunda quebra no nono game, antes de servir para fechar o primeiro set com pouco menos de uma hora de partida.

No segundo set Murray impôs-se na maior parte do tempo, mas de repente Federer encontrou sua magia no 12o game e quebrou o adversário com um voleio sublime, empatando a disputa. A chuva interrompeu o jogo em 1-1 no terceiro set, retomado assim que a cobertura da quadra foi acionada.

Jogando agressivamente, Federer começou a dominar as trocas de bola. No sexto game Murray escorregou três vezes e Federer confirmou sua terceira quebra, abrindo uma vantagem de 4-2. O suíço, com golpes perfeitos, arrematou o set com um ace.

Murray tentou desesperadamente se segurar no início do quarto set, mas Federer sentiu a chance, quebrando seu serviço com um brilhante winner de backhand cruzado e saindo na frente em 3-2.

Implacável, Federer não ia desperdiçar a oportunidade, e depois de desperdiçar seu primeiro match point, ele garantiu a vitória graças a um erro de forehand de Murray.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!