Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Fed decide manter as taxas de juros de referência nos EUA

O Federal Reserve (Fed), banco central dos Estados Unidos da América, decidiu nesta quarta-feira evitar surpresas e manteve o patamar das taxas de juros de referência entre 0,25% e 0,5%, diante das incertezas pelo referendo sobre a permanência do Reino Unido na União Europeia e dos dados “mistos” sobre a economia local.

O comunicado do Comité Federal de Mercado Aberto do Fed, que coordena a política monetária dos EUA, destacou os “dados mistos” recebidos ao longo da primeira metade do ano, embora tenha reconhecido “uma elevação” recente no crescimento económico.

“O ritmo da melhora no mercado de trabalho parece ter desacelerado, e o da actividade económica parece ter aumentado”, afirmou o banco central americano.

O relatório de desemprego de Maio, que cuja taxa ficou em 4,7%, mas com uma criação de apenas 38 mil postos de trabalho – número mais baixo em cinco anos -, acrescentou cautela à política monetária dos EUA.

A decisão sobre os juros foi tomada de forma unânime, com todos os dez votos a favor.

Além disso, o Fed divulgou as suas novas projecções macroeconómicas, nas quais reduziu as previsões de crescimento para 2016 de 2,2% para 2%, e para 2017 de 2,1% para 2%. Além disso, manteve como apropriado um ritmo “gradual” de ajuste monetário, com duas altas de juros previstas para este ano.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!