Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Exército cambojano testa mísseis

O Exército cambojano testou mísseis na quinta-feira 100 km ao norte de Phnom Penh, na primeira operação deste tipo desde o fim da guerra civil, há mais de 10 anos, em um momento de relação crítica com a Tailândia.

As tropas cambojanas dispararam, a partir de um lançador BM-21, quase 200 mísseis, que caíram a 20 km de distância. “Este exercício não é uma ameaça ou uma demonstração de força contra os países vizinhos ou países estrangeiros”, afirmou o porta-voz do ministério da Defesa, Chum Socheat. “É sobre fortalecer a capacidade de nossas forças para assumir nossas responsabilidades de defesa em caso de invasão”, disse.

O primeiro-ministro Hun Sen explicou na semana passada que os mísseis seriam lançados a uma distância de 17,5 km, com o objetivo de avaliar a qualidade das armas chinesas e russas que datam da Guerra Fria e que permaneceram armazenadas por muitos anos.

Vários setores da fronteira entre Camboja e Tailândia não foram definidas nas últimas décadas, o que alimenta conflitos entre os dois países e já provocou vários incidentes armados, que mataram sete pessoas entre 2008 e 2009.

Os dois vizinhos disputam em particular a soberania de um templo do século XI, situado na fronteira, atribuído oficialmente ao Camboja, mas reclamado por Bangcoc. Os países também passam por uma crise diplomática desde o fim de 2009, quando o ex-premier tailandês Thaksin Shinawatra, atualmente no exílio, foi nomeado assessor do governo do Camboja.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!