Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Ex-governador estadual nigeriano processado por branqueamento de capitais

O antigo governador Chimaroke Nnamani, do Estado de Enugu (sudeste da Nigéria), compareceu de novo, Quinta-feira (7), no Tribunal Supremo Federal de Lagos por suposto branqueamento de capitais, cinco anos depois da sua primeira citação pelo mesmo delito, noticiou a imprensa local.

Nnamani, o seu ex-adjunto, Sunday Anyaogu, e sete empresas são novamente julgados por 105 acusações emendadas pela agência anti-corrupção da Nigéria, a Comissão dos Crimes Económicos e Financeiros (EFCC).

O ex-governador de Enugu e os outros suspeitos, que se declararam inocentes, já tinham sido ouvidos em 2007. Esta nova citação é a consequência da transferência deste dossiê a um novo juíz depois da mudança de posto do juiz Charmes Archibong da Divisão de Lagos.

O juiz Mohammed Yunusa é o terceiro magistrado encarregado deste dossier depois do juiz Archibong, enquanto o primeiro foi o juiz Tijani Abubakar. O juiz adiou a audiência para 28 de Maio.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!